12ª CINEBH ABRE INSCRIÇÕES GRATUITAS PARA PROGRAMA CINE-ESCOLA

Professores e educadores podem inscrever suas turmas até 10 de agosto, pelo site www.cinebh.com.br; Evento acontece entre os dias 28 de agosto e 02 de setembro na capital mineira

Professores e educadores da Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH) já podem inscrever seus alunos para participar do programa Cine-Expressão – A Escola vai ao cinema, que acontece no âmbito da 12ª CineBH – Mostra Internacional de Cinema de Belo Horizonte. O programa possibilita conscientizar, sensibilizar e envolver o universo educacional no contexto do audiovisual, promovendo encontros e debates entre o público estudantil de diversas faixas etárias e realizadores do setor audiovisual brasileiro.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas até às 22h do dia 10 de agosto (sexta-feira), pelo site www.cinebh.com.br. A CineBH será realizada entre os dias 28 de agosto e 02 de setembro.

 Nesta edição, serão exibidos 10 filmes em seis sessões (oito curtas e dois longas), sempre com a realização de um debate na sequência. As projeções acontecem nos dias 29, 30 e 31 de agosto, em três espaços culturais da capital mineira: MIS Cine Santa Tereza (plateia 120 lugares), Teatro Sesiminas (plateia 550 lugares) e no Sesc Palladium (Grande-Teatro- plateia 1000 lugares).

 Para as crianças de 5 a 7 anos, serão exibidos, nos dias 29 e 30, os curtas “No caminho da escola” (alunos do Projeto Animação, ES), “A natureza agradece” (de Ricardo Podestá, GO), “Lá do alto” (Luciano Vidigal, RJ) e “Dando asas à imaginação” (Arthur Felipe Fiel e João Marcos Nascimento, RJ).

 Para a faixa etária entre 8 e 10 anos, entram em cartaz, nos dias 29 e 31, “Par perfeito” (Débora Herling, SC), “Sistema Solar” (Matheus Malafaia, RJ), “Metaformose” (Jane Carmen Oliveira, MG) e “O menino que fez um museu” (Sérgio Utsch, CE).

 Os longas serão “Jonas e o circo sem lona” (Paula Gomes, BA), para estudantes de 11 a 13 anos, no dia 30, e “Intolerância.doc” (Suzana Lira, RJ), para alunos a partir de 14 anos, no dia 31.

CONFIRA ABAIXO A SINOPSE DOS FILMES:

Sessão de Curtas
Faixa etária sugerida: 5 a 7 anos
29/8, às 14h - MIS Cine Santa Tereza
30/8, às 14h – SESC

A caminho da escolade Alunos do Projeto Animação (Animação, 14min, ES, 2017)

No caminho da escola, uma menina faz uma viagem alucinante por planetas imaginários e perde a primeira aula.

 A natureza agradece, de Ricardo de Podestá (Animação, 14min, GO, 2018)

Esta é a história de Bernardo. Ele vive em um pequeno rancho. O Rancho é cheio de diversidade ambiental: Plantas, pássaros, árvores frutíferas e um rio limpo como cristal. Em um belo dia toda a natureza é ameaçada por uma fábrica química. Se não fosse pelas ações de Bernardo e seu pai, tudo estaria perdido.

 Lá do alto, de Luciano Vidigal (Ficção, Digital, Cor, 8min, RJ, 2016)

Um menino sonhador tenta convencer seu pai a conhecer o alto de uma montanha, na favela do Vidigal, que ele acredita ficar perto do céu, para poder se comunicar com sua avó, de quem ele sente saudades…

 Dando asas à imaginação, de Arthur Felipe Fiel e João Marcos Nascimento (Animação, 13min, RJ, 2017)

O que acontece quando três pequenos amigos embarcam num mundo cheio de magia, aventuras e imaginação? Carlinhos, Carol e Quindin serão nossos guias no mundo da contação e junto a eles todos nós daremos asas à imaginação!

 

Sessão de Curtas
Faixa etária sugerida: 8 a 10 anos
29/8, às 8h30 - MIS Cine Santa Tereza
31/8, às 14h – SESI

Par perfeito, Débora Herling (Ficção, Digital, Cor, 11min, SC, 2018)

Apesar dele ter intensos sentimentos e pensar vivamente sobre as coisas, Tênis não podia andar, mexer-se, estava fixado, como uma planta estática, aparentemente morta por fora, mas que transbordava vida por dentro.

Sistema solarde Matheus Malafaia (Ficção, 17min, 2017, RJ)

Hélio é um menino muito imaginativo e apaixonado por planetas e galáxias. Astro-rei da casa, ele deixa de ser o centro das atenções quando seus pais resolvem se separar. Diante desse problema, que parece tão inalcançável quanto as estrelas, ele encontra refúgio na imaginação. Lá, Hélio vai descobrir que crescer é só mais uma viagem pelo espaço.

Metamorfosede Jane Carmen Oliveira (Animação, 5min, 2017, MG)

Em busca de aceitação e felicidade, uma menina se espelha nas pessoas ao seu redor.

O menino que fez um museude Sérgio Utsch (Documentário, 23min, 2017, CE)

No interior do Ceará, um menino de 10 anos transforma uma casa de barro no primeiro museu de sua cidade. O documentário mostra a história de Pedro Lucas, um pequeno brasileiro orgulhoso de suas origens e muito sensível em relação aos problemas do Nordeste. O Museu Luiz Gonzaga, além de uma homenagem ao cantor, é uma viagem pela comunidade, pela cultura nordestina e pelos sentimentos de Pedro Lucas.

 

Longa
Faixa etária sugerida: 11 a 13 anos
30/8, às 8h30 – SESC 

Jonas e o circo sem lonade Paula Gomes (Documentário, 80min, 2016, BA)

Jonas tem 13 anos e seu sonho é manter vivo o circo que ele mesmo criou no quintal de casa. Enquanto luta por isso, Jonas vai atravessar a grande aventura de crescer.

 

 Longa
Faixa etária sugerida: a partir de 14 anos
31/8, às 8h30 – SESI

Intolerância.docde Suzanna Lira (Documentário, 85min, 2017, RJ)

Documentário que mergulha em um aspecto da sociedade brasileira pouco abordado com profundidade: o crescimento dos crimes de ódio no país e o que está por trás dos discursos de intolerância. Observando os fatos, investigando de perto os crimes, conhecendo as vítimas, ouvindo os motivos alegados pelos algozes, podemos visualizar e refletir sobre um país que se confronta cada vez mais com suas contradições.