CINEBH MOSTRA O CINEMA PARA O MUNDO

A CineBH – Mostra Internacional de Cinema de Belo Horizonte, o evento de cinema da capital mineira, chega a sua 14a edição de 29 de outubro a 2 de novembro de 2020, em formato online, o mais indicado e seguro para o momento atual de pandemia covid-19.

Reúne uma seleção de 54 filmes nacionais e internacionais, em pré-estreias e mostras temáticas, promove debates, rodas de conversa, diálogos e encontros de negócios. Investe na formação e capacitação de profissionais com a oferta de oficina, masterclasses internacionais e laboratórios de roteiro. Realiza sessões cine-escola,  Mostrinha de Cinema, dedicada ao público infanto-juvenil, exposição e atrações artísticas ao vivo em cinco dias de programação oferecida gratuitamente ao público.

A temática desta edição é “Arte viva: Redes em expansão” explicita a percepção da equipe curatorial do evento – formada pelos críticos e pesquisadores Pedro Butcher, Francis Vogner dos Reis e Marcelo Miranda – de um cenário histórico e inédito em que todo tipo de criação artística passou a ser transmitido no formato audiovisual.

Em tempos de lives, shows online, performances ao vivo ou gravadas, o que pode, afinal, ser chamado de filme? A essa altura, nesse momento específico, o que diferencia uma peça de teatro de um espetáculo musical de um longa ou curta-metragem, se todos chegam aos olhares do mundo inteiro por telas e dispositivos? A proposta da 14a CineBH, portanto, é pensar essa rede de relações entre arte e audiovisual que se criou a partir da emergência da pandemia.

A 14a CineBH coloca em destaque o trabalho o Pandêmica Coletivo Temporário de Criação – um grupo de artistas várias regiões do Brasil se uniu e fundou, ainda em março. Conduzido por Juracy de Oliveira, ator e diretor cearense radicado no Rio de Janeiro, o grupo tem se dedicado à pesquisa em criações remotas transmitidas pelo Zoom. Uma das principais características da iniciativa é a presença de artistas de teatro de diversas cidades do país, de diferentes gerações e lugares sociais.

A mostra temática “A Cidade em Movimento” apresenta 16 filmes – médias e curtas independentes realizados na Região Metropolitana de Belo Horizonte e que dialogam com a vivência urbana diante de contextos sociais propostos pela curadoria assinada pela Paula Kimo. A seleção desta edição levou em conta o cenário imposto pela pandemia do novo Coronavírus para pensar sua temática, definida como “Sonhar a cidade” para pensar a relação entre a cidade e o sonho a partir de algumas reflexões, tais como: O que o cinema é capaz de produzir quando se é provocado a pensar os desafios da cidade na perspectiva do sonho? Que cidade se pode sonhar, experimentar e debater por meio das imagens?

Um dos destaques da programação é a realização do brasil cinemundi – international coproduction meeting, que celebra em 2020 11 anos de existência. Consolidado como ambiente de mercado e plataforma de rede de contatos e negócios para o cinema brasileiro, o evento faz a conexão entre a produção brasileira e a indústria audiovisual. Conta,nesta edição, com  participação de 27 internacionais da indústria audiovisual para conhecer e fazer negócios com futuros projetos de cinema brasileiro em longa-metragem.

O evento cria pontes para dialogar e compartilhar histórias. É um espaço de formação, intercâmbio, lançamento e discussão da mais significativa produção cinematográfica atual. A cada edição renova seu compromisso de estabelecer diálogo entre as culturas, ampliar as oportunidades de negócios para o cinema brasileiro e promover a conexão de profissionais com o mercado audiovisual em intercâmbio com o mundo.

Realizar este empreendimento cultural ousado e inovador neste cenário de transições e transformações representa compromisso, responsabilidades e ações compartilhadas em que a vontade, a persistência e a determinação são ingredientes que ampliam as possibilidades de seguir acreditando na potência da nossa cultura.

Agradecemos a participação dos profissionais do audiovisual e da cultura, imprensa, lideranças, comunidades e público em geral. Aos patrocinadores e parceiros desta edição, que investem e acreditam que a soma de esforços potencializa e contribui para o desenvolvimento econômico e a construção da cidadania em seus mais significados conceitos e efeitos multiplicadores, nossa gratidão.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

O BRASIL PRECISA DE TODOS NÓS,
CLAMA POR INCLUSÃO.
VAMOS SER ENGRENAGEM NESTA VIDA?

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Raquel Hallak d’Angelo
Quintino Vargas Neto
Fernanda Hallak d’Angelo

Diretores da Universo Produção e
Coordenadores da Mostra CineBH e Brasil CineMundi