Jornal Metamorfose: A revolução cinematográfica

Assistir aos trabalhos da Forensic Architecture me faz lembrar dos filmes do cineasta alemão Harun Farocki. Ele, “o mais conhecido cineasta desconhecido da Alemanha”, dedicou uma carreira ao estudo ostensivo da imagem e seus desdobramentos sociopolíticos. Um enquadramento nunca é só um enquadramento, mas remonta as subjetividades enraizadas na historicidade daquele que enquadra. Logo, filmar não é um ato sem consequências e possui intrinsecamente um dado afetivo e político.

LEIA MAIS