DEBATE CONCEITUAL E RODAS DE CONVERSA AGITAM A PROGRAMAÇÃO DESTA QUINTA-FEIRA

As atividades reflexivas e formativas gratuitas da 15a CineBH – Mostra Internacional de Cinema de Belo Horizonte continuam nesta quinta-feira, dia 30 de setembro. A programação conta um debate conceitual e duas rodas de conversas abertas ao público em geral. Os encontros ocorrerão em ambiente virtual, pelo site cinebh.com.br, e ficarão disponibilizadas no canal do YouTube da Universo Produção.

Às 12 horas, os cinéfilos poderão participar do debate conceitual “Estética da contravigilância”. Os cineastas e pesquisadores Ernesto de Carvalho (PE), Miguel Antunes Ramos (SP) e a crítica Natália Reis (MG) conversam sobre como usar os dispositivos de vigilância (câmeras de segurança, imagens de satélite, imagens de drones) e o material por ele produzido para, justamente, produzir filmes que denunciem a sua violência. E, sobretudo, como pensar uma estética da contravigilância. A mediação será de Marcelo Miranda, curador da Mostra CineBH (MG).

Em seguida, o público tem um encontro marcado para duas Rodas de Conversa. A primeira, às 17 horas, da série Encontro com Realizadores, é um bate-papo sobre o filme “Fala, Cassandra”, com a presença do diretor Miguel Antune Ramos (SP). Reunindo um grupo de atores para encenar uma montagem do texto Agamêmnon, de Ésquilo, o cineasta investiga, em sua nova produção, os efeitos do desaparecimento de uma atriz no meio dos ensaios de um novo espetáculo. Ainda em finalização, o filme propõe uma reflexão sobre os processos de apagamento do poder e a onipresença das imagens de vigilância na sociedade contemporânea. A mediação será conduzida por Francis Vogner dos Reis, curador Mostra CineBH (SP).

E às 19 horas, a segunda Roda de Conversa com o tema “Mátria Amada”, que integra a mostra “A Cidade em Movimento”, encerra a programação reflexiva de quinta-feira. A sessão organiza filmes que colocam em contraste o desejo e a obrigação do amor parental, trazendo pontos de ruptura e quebra desse sistema masculinamente organizado. Participam do encontro Breno Mesquita, diretor e produtor do filme “Casa Número Zero”; Franco Dafon, diretor e ator e Renata Victoriano, diretora e roteirista de “Ela, Dora!”; Haendel Melo, diretor e roteirista de “Sessão 27”; Leo Ayres, diretor e roteirista do filme “Aurora”; Rafael Bacelar, diretor e Ju Abreu, atriz e produtora de “Conselheira”. A conversa conta ainda com a participação especial de Luciana Brandão, multiartista, Coletivo MAM – Movimento Arte na Maternidade (MG) e mediação da curadora Paula Kimo.

Brasil CineMundi Lab

Além das atividades abertas ao público, na quinta-feira também têm CineMundi Lab comações destinadas exclusivamente aos diretores e produtores dos projetos selecionados para o 12o Brasil CineMundi – Encontro Internacional de Coprodução, que integra a programação da 15a CineBH.

Às 9 horas serão realizados dois painéis: “EAVE – Empreendedores Audiovisuais Europeus”, com Satu Elo, gerente de programação Europa (Luxemburgo), que apresentará o perfil e as experiências do Eave, um dos programas de formação de produtores líderes na Europa, com mais de 2.300 profissionais. O segundo painel é “Sørfond – O fundo de cinema do Sul da Noruega”. O gerente de projeto Sørfond (Noruega), Per Eirik Gilsvik, explicará o que é o fundo de investimento Sørfond, quais as condições para participar e prazos para inscrição. A mediação da conversa será de Gudula Meinzolt, produtora Autentika Films, consultora da Indústria do Festival Visions du Réel, colaboradora Brasil CineMundi (Suíça).

Na sequência, às 10h30, está programado o workshop “Coprodução Internacional”. Nesta atividade, a produtora francesa Sophie Erbs falará sobre os principais aspectos para coproduzir em nível internacional. Ela vai compartilhar sua experiência e dar conselhos sobre como se inserir nesse mercado internacional. A mediação será de Séverine Roinssard, produtora Parati Films, colaboradora Brasil CineMundi (França).

E às 15 horas, acontece a Masterclass Internacional “Roteiro e processos de criação” com o diretor, roteirista e produtor do Uruguai, Federico Veiroj. O convidado falará sobre o processo de criação dos roteiros de seus filmes, destacando cenas e compartilhando temas e pontos de partidas para o desenvolvimento de suas histórias. A mediação ficará por conta de Pedro Butcher, curador da CineBH e colaborador Brasil CineMundi (RJ). Esta atividade contou com inscrições prévias para profissionais do audiovisual.

SOBRE A MOSTRA CINEBH

Com edições anuais e consecutivas, a CineBH – Mostra Internacional de Cinema de Belo Horizonte, o evento de cinema da capital mineira, chega a sua 15a edição de 28 de setembro a 03 de outubro de 2021, em formato online e gratuita, reafirmando seu propósito de mostrar o cinema para o mundo, promover o diálogo entre as culturas, aproximar povos e continentes, fazer a conexão do cinema brasileiro com o mercado audiovisual, realizar encontros de negócios, investir na formação, intercâmbio e cooperação internacional, construir pontes nas escolas, comunidades, redes sociais e com a cidade de Belo Horizonte e Minas Gerais.

A 15a CineBH – Mostra Internacional de Cinema de Belo Horizonte e o 12o Brasil CineMundiintegram o Cinema sem Fronteiras 2021 – programa internacional de audiovisual idealizado pela Universo Produção e que reúne também a Mostra de Cinema de Tiradentes (centrada na produção contemporânea, em janeiro) e a CineOP – Mostra de Cinema de Ouro Preto (que difunde o audiovisual como patrimônio e ferramenta de educação, em junho).

SERVIÇO

LEI FEDERAL DE INCENTIVO À CULTURA

ESTE EVENTO É REALIZADO COM RECURSOS DA LEI MUNICIPAL DE INCENTIVO À CULTURA DE BELO HORIZONTE

PATROCÍNIO: MATER DEI, COPASA, CEMIG | GOVERNO DE MINAS GERAIS

PATROCÍNIO MOSTRA A CIDADE EM MOVIMENTO: patrocinada com recursos do Fundo Internacional de Ajuda para Organizações de Cultura e Educação 2021 do Ministério das Relações Exteriores da República Federal da Alemanha, do Goethe-Institut e de outros parceiros: www.goethe.de/hilfsfonds

PARCERIA CULTURAL: SESC EM MINAS, INSTITUTO UNIVERSO CULTURAL, CASA DA MOSTRA

PARCEIROS BRASIL CINEMUNDI: EMBAIXADA DA FRANÇA NO BRASIL, DOT, MISTIKA, PARATI FILMS, CTAV, FORTE FILMES, NAYMOVIE

COOPERAÇÃO BRASIL CINEMUNDI: WORLD CINEMA FUND(Alemanha), NUEVAS MIRADAS – EICTV(Cuba), BIOBIOCINE(Chile), CONECTA – CHILE DOC(Chile),  MAFF(Espanha), DOCSP(Brasil), DOCMONTEVIDEO (Uruguai), VENTANA SUR(Argentina), INSTITUTO OLGA RABINOVICH / PROJETO PARADISO(Brasil)

APOIO: CAFÉ 3 CORAÇÕES.

REALIZAÇÃO: UNIVERSO PRODUÇÃO

SECRETARIA ESPECIAL DE CULTURA | MINISTÉRIO DO TURISMO| GOVERNO FEDERAL