ENCONTROS DE PRODUÇÃO, RODAS DE CONVERSA E SHOW CASE MOVIMENTAM O PENÚLTIMO DIA DA 15A CINEBH

Ainda dá tempo dos profissionais do audiovisual, estudantes, interessados em cinema e o público em geral acompanhar e trocar experiências nas atividades reflexivas e formativas gratuitas da 15a CineBH. Neste sábado, dia 02 de outubro, a programação conta com duas rodas de conversa e dois CineMundi Lab, incluindo a apresentação de showcase do diretor Rodrigo Séllos sobre seu documentário  “Por onde anda Makunaíma?”. Os encontros ocorrerão em ambiente virtual, pelo site cinebh.com.br, e ficarão disponibilizadas no canal do YouTube da Universo Produção.

Rodas de Conversa

Às 10 horas, a Roda de Conversa da série Encontro com Realizadores, promove um bate-papo com as diretoras francesas Éléonore Weber e Chloé-Galibert Laine, dos filmes “Não haverá mais noite” e “Canções engarrafadas 1-4”, respectivamente. Nesse encontro virtual, as cineastas compartilharão seus métodos de trabalho e desafios de realização. A mediação será de Pedro Butcher, curador da CineBH e colaborador Brasil CineMundi. Ambos os filmes são ensaios que trabalham a partir de materiais preexistentes para propor reflexões sobre a sociedade de vigilância e o estatuto da imagem na atualidade. “Não Haverá Mais Noite”, de Éléonore Weber, foi todo realizado a partir de imagens capturadas por soldados norte-americanos e franceses quando em ação no Iraque, na Síria e no Afeganistão. Já “Canções Engarrafadas 1-4”, de Chloé-Galibert Laine e Kevin B. Lee, é estruturado como uma troca de cartas entre os realizadores a partir de um vídeo de propaganda concebido e difundido pelo Estado Islâmico.

A segunda e última Roda de Conversa do dia, que acontece às 19 horas, integra a programação da mostra “A Cidade em Movimento”. O bate-papo ao vivo com o tema “Tem Diferença” poderá ser visto pelo site www.cinebh.com.br  . A sessão convida o público a relacionar espaços e posicionamentos políticos que buscam intervir nessa realidade. Estarão presentes os diretores (as): Lipe Canêdo e Fr4ad, de “Um de vermelho e um de amarelo”; Luciana Cezário, de “A única coisa que entendo como norte é a liberdade”; Matheus Moura, de “Ditadura Roxa” e Stanley Albano, de “Morde e Assopra”. O encontro conta ainda com a participação especial da educadora Luana Costa. A mediação será de Paula Kimo, curadora da Mostra Cidade em Movimento.

CineMundi Lab

Neste sábado, a programação CineMundi Lab promoverá dois debates, voltados para profissionais do audiovisual, mas abertos ao público interessado em saber as tendências e estratégias do mercado do cinema e da indústria criativa.

A pandemia da Covid-19 trouxe imensos desafios para os setores da exibição e da distribuição. Como o mercado está se organizando? É possível repensá-lo? Quais os rumos e estratégias de exibição e distribuição de filmes? O que esperar do mercado audiovisual? Esses e outros questionamentos estão propostos no debate “Rumos da exibição e distribuição de filmes”, que acontece às 12 horas, com a participação de Felipe Lopes, diretor Vitrine Filmes (Brasil); Pamela Biénzobas, programadora Locarno Film Festival (Suíça/França) e Paulo de Carvalho, produtor Autentika Films e colaborador Brasil CineMundi (Alemanha/Brasil). A mediação será da jornalista Ana Paula Sousa.

Por meio da parceria com o Projeto Paradiso, será realizada às 17 horas, uma iniciativa do programa Paradiso Multiplica com a exibição do filme “Por onde anda Makunaíma?”, de Rodrigo Séllos. O diretor também comanda apresentação de um show case sobre a obra.A proposta é abrir uma janela para o compartilhamento da experiência no processo de realização do documentário e seu conhecimento em ações de formação e mercado. Vencedor do 53o Festival de Brasília em 2020, “Por onde anda Makunaíma” é uma coprodução entre Platô Filmes (RR) e Boulevard Filmes (SP). O debate terá como mediadores Marcelo Miranda, crítico de cinema e curador da Mostra CineBH e Rachel do Valle, gerente de programas do Instituto Olga Rabinovich – Projeto Paradiso (SP).

O filme “Por onde anda Makunaíma” ficará disponível por 24 horas – de 20 horas do dia 1ºde outubro a 20 horas do dia 2 de outubro. Para assistir acesse: cinebh.com.br

SOBRE A MOSTRA CINEBH

Com edições anuais e consecutivas, a CineBH – Mostra Internacional de Cinema de Belo Horizonte, o evento de cinema da capital mineira, chega a sua 15a edição de 28 de setembro a 03 de outubro de 2021, em formato online e gratuita, reafirmando seu propósito de mostrar o cinema para o mundo, promover o diálogo entre as culturas, aproximar povos e continentes, fazer a conexão do cinema brasileiro com o mercado audiovisual, realizar encontros de negócios, investir na formação, intercâmbio e cooperação internacional, construir pontes nas escolas, comunidades, redes sociais e com a cidade de Belo Horizonte e Minas Gerais.

A 15a CineBH – Mostra Internacional de Cinema de Belo Horizonte e o 12o Brasil CineMundi integram o Cinema sem Fronteiras 2021 – programa internacional de audiovisual idealizado pela Universo Produção e que reúne também a Mostra de Cinema de Tiradentes (centrada na produção contemporânea, em janeiro) e a CineOP – Mostra de Cinema de Ouro Preto (que difunde o audiovisual como patrimônio e ferramenta de educação, em junho).

SERVIÇO

LEI FEDERAL DE INCENTIVO À CULTURA

ESTE EVENTO É REALIZADO COM RECURSOS DA LEI MUNICIPAL DE INCENTIVO À CULTURA DE BELO HORIZONTE

PATROCÍNIO: MATER DEI, COPASA, CEMIG | GOVERNO DE MINAS GERAIS

PATROCÍNIO MOSTRA A CIDADE EM MOVIMENTO: patrocinada com recursos do Fundo Internacional de Ajuda para Organizações de Cultura e Educação 2021 do Ministério das Relações Exteriores da República Federal da Alemanha, do Goethe-Institut e de outros parceiros: www.goethe.de/hilfsfonds

PARCERIA CULTURAL: SESC EM MINAS, INSTITUTO UNIVERSO CULTURAL, CASA DA MOSTRA

PARCEIROS BRASIL CINEMUNDI: EMBAIXADA DA FRANÇA NO BRASIL, DOT, MISTIKA, PARATI FILMS, CTAV, FORTE FILMES, NAYMOVIE

COOPERAÇÃO BRASIL CINEMUNDI: WORLD CINEMA FUND(Alemanha), NUEVAS MIRADAS – EICTV(Cuba), BIOBIOCINE(Chile), CONECTA – CHILE DOC(Chile),  MAFF(Espanha), DOCSP(Brasil), DOCMONTEVIDEO (Uruguai), VENTANA SUR(Argentina), INSTITUTO OLGA RABINOVICH / PROJETO PARADISO(Brasil)

APOIO: CAFÉ 3 CORAÇÕES.

REALIZAÇÃO: UNIVERSO PRODUÇÃO

SECRETARIA ESPECIAL DE CULTURA | MINISTÉRIO DO TURISMO| GOVERNO FEDERAL