PREMIAÇÃO DO 12º BRASIL CINEMUNDI E PRÉ-ESTREIA NACIONAL DE “CARRO REI” ESTÃO ENTRE OS DESTAQUES DO ÚLTIMO DIA DA 15ª CINEBH

Ainda dá tempo de assistir, em qualquer tela e a qualquer hora, a intensa e diversificada programação  gratuita da 15a CineBH, que encerra neste domingo, dia 03 de outubro. Os fãs da sétima arte poderão conferir filmes nacionais e internacionais em mostras temáticas, Roda de Conversa e ainda conhecer os projetos de longa-metragem vencedores da 12a edição do Brasil CineMundi. Todas as atrações poderão ser vistas pelo site www.cinebh.com.br. Além disso, os debates, encontros com realizadores e Rodas de Conversa que aconteceram ao longo do evento estão disponíveis no YouTube da Universo Produção.

Para você aproveitar o melhor da programação cinematográfica neste último dia da 15a CineBH, a equipe curatorial põe em relevo longas e curtas-metragens das mostras Contemporânea Internacional, Temática, CineMundi, Forensic Architecture e A Cidade em Movimento. Esta última conta também com uma Roda de Conversa com cineastas.

Longas-metragens

Mostra Contemporânea Internacional: Entre as produções estrangeiras, estão em destaque dois filmes: o documentário “Um rifle e uma bolsa”, uma coprodução Índia/Romênia/Itália/Qatar, das cineastas Cristina Haneș, Isabella Rinaldi e Arya Rothe, que está em pré-estreia nacional. Ganhador da Menção Especial do Prêmio Documentário do Festival Internacional de Cinema de Berlim (2021), o filme conta a história de Somi e seu marido Sukhram, que se conheceram quando lutavam no comando Naxalita. Eles abandonaram o movimento, mas suas histórias comprometem o futuro de seus dois filhos.

E também a ficção “Vida de doleiro”, do diretor Federico Veiroj. Uma coprodução Uruguai/Argentina/Alemanha, a história retrata a vida do cambista Humberto que, para sobreviver em meio a sua ambição ilimitada de fazer dinheiro, terá que pôr a prova o seu código de ética duvidoso e lidar com a corrupção política, o desastre econômico da Argentina e as reviravoltas do seu casamento absurdo.

Mostra Temática: A dica da curadoria é conferir o sensível documentário “Coração de cachorro”, dirigido por Laurie Anderson. Indicado em diferentes premiações, inclusive no Festival Internacional de Cinema de Veneza de 2015, o filme é centrado na cachorra Lolabelle e é um ensaio pessoal da diretora, que, numa espécie de colagem visual, examina como histórias são construídas e contadas — e como as usamos para dar sentido às nossas vidas.

Mostra CineMundi: Entre os destaques de cinema deste domingo, está a oportunidade de conferir uma produção que começou sua trajetória no Brasil CineMundi, chegou as telas e conquistou prêmios nacionais e internacionais. O longa “Aos olhos de Ernesto”, da diretora Ana Luiza Azevedo, conta uma história de amor e de redescobertas na terceira idade. A trama traz a rica troca de experiências a partir da amizade entre gerações. Foi premiado pela crítica na Mostra Internacional de Cinema de São Paulo (2019) e recebeu os prêmios de Melhor Ator e Júri Popular no Festival Internacional de Cine de Punta del Este (2020).

Mostrinha: Domingo é dia de curtir um cineminha com toda a família, mas sem precisar sair de casa, com o filme “Miúda e o guarda-chuva”, dodiretor Amadeu Alban. Miúda é uma menina que cuida de sua planta carnívora com muito amor e formigas fresquinhas. Ela deseja apenas que a planta lhe chame pelo seu nome, mas a planta exige cada vez mais formigas. Juntas elas bolam um plano que envolve poesia, guarda-chuvas e uma máquina do tempo. E a menina aprende que crescer é fazer escolhas.

Filme de encerramento: O filme escolhido para o encerramento da 15a edição da CineBH é “Carro Rei”, dirigido pela cineasta Renata Pinheiro e em pré-estreia nacional. A ficção conta a história de Uno que possui um dom fantástico: escutar e falar com carros. Uno nasceu dentro do primeiro carro da frota de táxis da família, um motivo de grande orgulho para seu pai, Josenildo. Durante a infância, ele e o carro eram melhores amigos, até que um evento trágico muda seu destino: um acidente mata sua mãe e o carro é exilado no ferro-velho da família. O filme já esteve presente em festivais nacionais e internacionais, como Festival Internacional de Cinema de Roterdã (2021) e Festival Internacional de Cinema Fantástico de Bruxelas (2021).

Curtas e médias-metragens

Mostra Forensic Architecture: A curadoria da 15a Mostra CineBH chama a atenção para três produções do coletivo Forensic Architecture, que compõem a sessão “Nuvens Tóxicas”, com estudos investigativos tendo como cenário a atmosfera. Estudos de nuvem” traz uma compilação de vários casos de nuvens tóxicas, produzidas por gás lacrimogêneo, bombas, armas químicas ou poluição. “Se o ar tóxico é um monumento à escravidão, como o derrubamos?” é um fascinante estudo das relações históricas entre as “plantations” da Louisiana e a poluição produzida pelo corredor petroquímico que se desenvolveu na mesma região, às margens do Rio Mississippi. E “Gás lacrimogêneo em Plaza de la Dignidad, Chile” analisa o uso massivo de gás lacrimogêneo pela polícia chilena para reprimir os protestos de 20 de dezembro de 2019.

Mostra A Cidade em Movimento: “Singular” é o nome desta sessão da mostra A Cidade em Movimento, que conta com filmes que partem de universos particulares, das pessoas e seus modos e meios de vida, para dizer de um lugar também comunitário, tecendo uma trama entre as vivências, a cidade ou a falta dela. No curta-metragem “Coletivo”, de Wend Fernandes, personagens do transporte coletivo traduzem realidades complexas da vida urbana. O filme “Dois”, de Guilherme Jardim e Vinícius Fockiss, coloca em diálogo afeto, proximidade e distância. No experimental Eu vi nos seus olhos, da janela, eu vi, que era o fim”, de Larissa Muniz, o cotidiano e o dia que passa, lá fora e aqui dentro. “Escorre”, de Thiago Monteiro & Kelly Crifer, expressam o confinamento, a repetição, o amor e a solidão. Urdido”, de Samuel Quintero, completa a sessão abrindo o universo singular para a cidade que ainda pulsa lá fora. Olhar a cidade é sentir os versos cantados pelas pessoas e personagens que praticam seu cotidiano. Escutar a cidade, experimentar seus movimentos, imaginar aquilo que se passa em cada uma das janelas acesas ao cair do dia.

Às 19 horas, o público poderá participar, pelo site www.cinebh.com.br do último encontro com realizadores da 15a CineBH, na Roda de Conversa ao vivo com o tema “Singular”. Participam do bate-papo os diretores que compõem a sessão e a convidada especial Carla Italiano, pesquisadora e programadora. A mediação será de Paula Kimo, curadora da Mostra Cidade em Movimento.

Premiação – Brasil CineMundi

E a partir das 21 horas, será realizada a cerimônia de encerramento da 15a CineBH – Mostra Internacional de Cinema de Belo Horizonte e do 12o Brasil CineMundi – 12th International Coproduction Meeting, com o anúncio dos projetos vencedores do evento de coprodução internacional, com transmissão ao vivo pelo site www.cinebh.com.br.

Na ocasião, o público e realizadores participantes conhecerão os vencedores nas categorias “Horizonte” (antiga categoria CineMundi), “Doc Brasil Meeting” (documentários), “Foco Minas” (projetos de Minas Gerais), “Paradiso Multiplica”, “Produção” e “Finalizado”, além dos contemplados com as premiações oferecidas pelos programas de cooperação e intercâmbio parceiros.

Cine-Escola

A programação da 15a CineBH continua até 08 de outubro, para estudantes e educadores, com o programa Cine-Expressão – A Escola Vai ao Cinema. Professores e alunos poderão assistir sessões Cine-Escola, com direito a cine-debate e material didático produzido exclusivamente para cada filme em exibição com sugestões de reflexões e atividades para serem trabalhadas com os alunos a partir de cinco anos de idade. Este material pode ser solicitado através do e-mail cine-escola@universoproducao.com.br.

Ao todo, serão exibidos oito filmes brasileiros distribuídos em sessões de acordo com a faixa etária. As produções estão disponíveis no site oficial do evento www.cinebh.com.br até 08 de outubro, possibilitando que os educadores tenham mais tempo para trabalhar os títulos com os seus alunos. Confira a relação de filmes do Cine-Escola no link https://cinebh.com.br/filmes/cine-escola/.

SOBRE A MOSTRA CINEBH

Com edições anuais e consecutivas, a CineBH – Mostra Internacional de Cinema de Belo Horizonte, o evento de cinema da capital mineira, chega a sua 15a edição de 28 de setembro a 03 de outubro de 2021, em formato online e gratuita, reafirmando seu propósito de mostrar o cinema para o mundo, promover o diálogo entre as culturas, aproximar povos e continentes, fazer a conexão do cinema brasileiro com o mercado audiovisual, realizar encontros de negócios, investir na formação, intercâmbio e cooperação internacional, construir pontes nas escolas, comunidades, redes sociais e com a cidade de Belo Horizonte e Minas Gerais.

A 15a CineBH – Mostra Internacional de Cinema de Belo Horizonte e o 12o Brasil CineMundi integram o Cinema sem Fronteiras 2021 – programa internacional de audiovisual idealizado pela Universo Produção e que reúne também a Mostra de Cinema de Tiradentes (centrada na produção contemporânea, em janeiro) e a CineOP – Mostra de Cinema de Ouro Preto (que difunde o audiovisual como patrimônio e ferramenta de educação, em junho).

SERVIÇO

LEI FEDERAL DE INCENTIVO À CULTURA

ESTE EVENTO É REALIZADO COM RECURSOS DA LEI MUNICIPAL DE INCENTIVO À CULTURA DE BELO HORIZONTE

PATROCÍNIO: MATER DEI, COPASA, CEMIG | GOVERNO DE MINAS GERAIS

PATROCÍNIO MOSTRA A CIDADE EM MOVIMENTO: patrocinada com recursos do Fundo Internacional de Ajuda para Organizações de Cultura e Educação 2021 do Ministério das Relações Exteriores da República Federal da Alemanha, do Goethe-Institut e de outros parceiros: www.goethe.de/hilfsfonds

PARCERIA CULTURAL: SESC EM MINAS, INSTITUTO UNIVERSO CULTURAL, CASA DA MOSTRA

PARCEIROS BRASIL CINEMUNDI: EMBAIXADA DA FRANÇA NO BRASIL, DOT, MISTIKA, PARATI FILMS, CTAV, FORTE FILMES, NAYMOVIE

COOPERAÇÃO BRASIL CINEMUNDI: WORLD CINEMA FUND(Alemanha), NUEVAS MIRADAS – EICTV(Cuba), BIOBIOCINE(Chile), CONECTA – CHILE DOC(Chile), MAFF(Espanha), DOCSP(Brasil), DOCMONTEVIDEO (Uruguai), VENTANA SUR(Argentina), INSTITUTO OLGA RABINOVICH / PROJETO PARADISO(Brasil)

APOIO: CAFÉ 3 CORAÇÕES.

REALIZAÇÃO: UNIVERSO PRODUÇÃO

SECRETARIA ESPECIAL DE CULTURA | MINISTÉRIO DO TURISMO| GOVERNO FEDERAL